segunda-feira, 1 de junho de 2009

Copa do Mundo 2014

Pois é, ontem saiu o resultado das 12 capitais brasileiras que foram escolhidas para serem sedes na Copa do Mundo de 2014. E ao perceberem que Goiânia ficou de fora, muitas pessoas mostraram-se incrédulas com tal resultado. Começaram a caçar os culpados por este resultado.
Quanto cinismo e hipocrisia em tal atitude. Não sei por que tanto espanto. Durante o período em que a capital de Goiás deveria investir em marketing interno, sensibilizar a população para ganhar força e repercussão na mídia, mostrar as belezas que Goiás tem para atrair o turismo, mesmo que não seja na própria capital, que seja em nossos arredores tão riquíssimos em beleza natural, ótimos lugares para ecoturismo que está super em alta, principalmente para o turista de país do primeiro mundo. Nada foi feito, ou pelo menos, não foi feito como deveria.
Em nossa própria cidade, pouco se viu de cartaz, outdoor, faixas, propagandas em rádio e TV, muitas pessoas nem estavam entendendo bem o que estava acontecendo, o que era esta tal de sede da copa do mundo.
No meu entender, não houve vontade política para brigar por esta vaga, só não entendo por que isso. Eu imagino que muitas coisas acontecem nos bastidores de competições deste nível, muita grana deve rolar, mas independente disto, precisamos ver e perceber que nossos líderes políticos tem visão sobre a importância social de um evento deste porte e o quanto isso seria importante para a economia do estado. E tendo tal visão, lutariam para fazer de Goiânia uma das sedes da Copa do Mundo de Futebol.
Nem o próprio comércio se mobilizou para esta divulgação, até parecia que eles não lucrariam com isso, sendo que hoje em dia, qualquer pessoa por mais tola que seja, sabe que o esporte não tem mais seu valor agregado apenas ao jogo em si, no campo. O esporte tem valor social por que mobiliza consigo um mercado muito maior, sua ação é muito mais ampla tanto na educação quanto na economia.
Hoje, lendo e ouvindo comentários a respeito do assunto, pude perceber alguns comentários coerentes sobre a situação, entretanto, na maioria das vezes, os comentários eram ridículos e comprovavam a ignorância das pessoas a respeito do assunto, mostrando-se decepcionados por não poderem ver algumas partidas de futebol de nível internacional no Serra Dourada.
Eita cabecinha tacanha!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário