quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Desbloqueio de telefone celular. Obrigatório? Desde quando?

Olá para todos que acompanham o Cenas Goianas. A minha primeira colaboração aqui infelizmente é para relatar o péssimo serviço ou "DESserviço" que recebi da operadora TIM quanto ao desbloqueio do meu celular e também para alertá-los quanto aos procedimentos necessários ao PROCON. Tudo começou num dia lindo que resolvi comprar um novo celular (13/março/2010, comemorando amanhã 5 meses, rs), mesmo eu tendo um chip há muitos anos da BRT resolvi levar um TIM porque o valor estava bom e o modelo era o que eu queria. Mas claro, já estava com intenção de desbloqueá-lo em seguida, já que existe uma recente lei que nos garante fazer isso. Foi o que eu pensei, não imaginando que uma operadora como a TIM me faria esperar, a ponto de recorrer ao PROCON. Simplesmente eu abri 15 protocolos de desbloqueio, a cada retorno da operadora eu recebia uma resposta diferente e mais um protocolo era aberto. Dei diversos "bafões" na loja, mas nada era suficiente, eles alegavam que o código de desbloqueio estava errado, requeriam outro e mais uma vez eu recebia o mesmo código, tudo isso para eu desistir de toda aquela burocracia que mais parecia uma "embromação" e permanecer com o chip TIM.
Fui ao PROCON com os 15 protocolos e a nota fiscal para fazer a reclamação, a atendente me disse que eu perdi meu tempo voltando à loja TIM tantas vezes, que deveria ter recorrido ao PROCON desde o primeiro pedido negado. Agora, estou aguardando o desenrolar do processo que a essas alturas nem sei mais no que vai dar. Enfim, meu celular está lindo, novinho e guardado na gaveta, já até enjoei da cara dele, de repente eu o troque por um da CLARO! Afe!

Nenhum comentário:

Postar um comentário