quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Dicas de Piri (I) - Armazém da Rua Direita


Vou falar muito ainda de Pirenópolis por aqui, aguardem...
Hoje começo a dar uma série de dicas rápidas de lugares que devem ser visitados na nossa querida Piri.
O 'Armazém da Rua Direita' sem dúvida é um deles, e fica...na Rua Direita, claro!
No imóvel funcionou durante anos o atelier do designer de móveis Maurício Azeredo, que deixou Piri e hoje leciona em Goiânia, pelo menos até onde eu sei - só quem viu um móvel dele pode saber do que se trata, são verdadeiras obras de arte!
Tenho boas recordações das visitas que fazia ao atelier sempre que ia a Piri, onde às vezes papeava com o mestre - até hoje a porta do banheiro, de autoria de Maurício, está lá para contar a história dos antigos ocupantes do imóvel...
Mas tudo muda, e hoje temos lá o 'Armazém', da simpática Gianna, onde sempre passo para tomar um café e, quando me permito, devorar um alfajor de baru. Parece que eles estão com pratos rápidos no almoço, e estou querendo experimentar. Lá vc pode comprar pães artesanais, os famosos queijos do suíço Stephan (feitos em Corumbá ali perto), alguns vinhos, azeites, cervejas, massas; enfim, é um mini Empório, mas que não tem evidentemente a variedade de uma Casa deste tipo em Goiânia ou em Brasília (principalmente). Há uns shows eventuais de música e é um lugar transado, quase 'cult'.
A Rua Direita aguarda a abertura do 'Pão do alemão', filial da famosa Padaria brasiliense de Reinhold Dern, mestre padeiro - como se vê, com o 'Armazém' e em breve com o 'Pão do alemão', quem for à Rua Direita não volta para casa sem pão...

2 comentários:

  1. Nossa, que vontade que deu de comer pão...rs. Com certeza, da próxima vez que formos a Piri, vamos passar no Armazém. Adorei a dica.
    Abraços,

    ResponderExcluir
  2. Vai gostar do 'Armazém' Cláudia !
    abs

    ResponderExcluir