domingo, 3 de abril de 2011

Dicas de Piri (II) - Pousada Santa Terezinha



Eu conheci a Pousada Santa Terezinha por acaso - era em frente ao restaurante que eu tive ('Caffé Tarsia') e achei bastante prático me hospedar ali nas minhas ida frequentes a Piri no ano passado. Invariavelmente fazia pequenas compras na cidade e levava tb coisas daqui de Brasília, e da Pousada para o restaurante ia...à pé! À noite podia tb beber à vontade (não era raro...) com o carro estacionado na Pousada. Bons tempos.


Foi uma boa surpresa. Sem luxo e sem afetação, a Pousada do irlandês Graham e da goiana Glauciane é bem nova e tem um excelente custo/benefício, uma piscina e um café da manhã que meu pai não esquece !


Considero a Hotelaria o principal problema do turismo em Piri - a maioria das Pousadas não vale o que custa - fora do Centro Histórico e numa região tranquila, na Santa Terezinha vc não corre o risco do ventilador de teto cair na sua cabeça como eu já vi em Pousada badalada de gente importante no Centro histórico - tive que mudar de quarto !...


Na Santa Terezinha o hóspede frequente tem um tratamento diferenciado, garanto. Tb não tem essa de que 'só ganhamos nos finais de semana e então temos que cobrar caro' - os preços são justos.


Pousada Santa Terezinha, anote !




Serviço: Pousada 'Santa Terezinha', Setor Meia Ponte, Pirenópolis-GO


3 comentários:

  1. "Considero a Hotelaria o principal problema do turismo em Piri - a maioria das Pousadas não vale o que custa "

    exato! pousada que oferece só ventilador cama e banheiro cobrando 50 por cabeça é um absurdo.

    Fico no Rio, num hotel perto do centro por 70 reais com ar condicionado e cofre para guardar as coisas.

    Em geral, pirenópolis tem os preços voltados para o pessoal de brasília

    ResponderExcluir
  2. @daniel henrique
    E daí a exploração, pois o brasiliense não tem muita opção nos fds...

    ResponderExcluir
  3. Boa tarde! Estive lá nos dias 16 e 17/07/11 e apesar de ser uma pousada nova, com quartos agradáveis, a administração é péssima. Apenas um funcionário era o recepcionista, camareiro, responsável pelo café da manhã, e todos as demais ocupações possíveis. Para citar apenas alguns acontecimentos, o lixo da piscina de sábado à tarde ainda estava caindo das lixeiras no domingo meio-dia. Ao chegar na piscina e ver que as poucas cadeiras e espreguiçadeiras da área da piscina estavam ocupadas, pedi ao funcionário se haviam outras e fui informada que não, pois o dono da pousada só se preocupa em ganhar e não quer investir.Esse único funcionário passou a tarde de sábado tomando cerveja. De madrugada, nós fechamos o portão da pousada com o controle que é entregue junto com as chaves, pois qualquer um poderia entrar, já que não há nem vigia noturno. Para completar, pela manhã o comentário era que haviam deixado o portão dos fundos da pousada aberto e o Rottweiler fugiu para a área da pousada. Sem comentários!! Por fim, mas com muito a registrar ainda, na hora da entrega das chaves, sem que houvesse nenhum tipo de conferência dos 2 apts em que ficamos, o funcionário nos convidou a ficar, pois ele e outro iriam tomar cerveja e jogar sinuca. Com certeza, não indico!!

    ResponderExcluir