segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

Aeroporto - área de embarque e desembarque

Boa noite, pessoal.

Muitos de vocês já devem ter utilizado o aeroporto de Goiânia, Santa Genoveva, e se foram de carro, vão entender perfeitamente o que vou postar agora.

Desde a reforma do aeroporto, fui várias vezes até aquele local para levar alguém que iria viajar, devido ao preço abusivo que é cobrado no estacionamento, tenho feito a opção de deixar o carro mais afastado, na rua mesmo, ou usar a área de embarque/desembarque. Qual não foi a minha surpresa ao perceber que o espaço destinado a esta área é ínfimo e ainda ocupado quase sempre por taxistas.

Na primeira vez que fui ao local depois da reforma, achei que tinha tirado este espaço pois estava 100% tomado por taxistas, de cabo a rabo. Fiquei tão irritada na hora que nem reparei que tinha a área para embarque/desembarque, pensei: o povo daqui quer nos obrigar a estacionar e pagar por isso.
Mas fiquei com isso na cabeça e nas outras vezes que fui, já fui com a ideia de procurar por esta placa e observar, e foi então que percebi esta sacanagem dos taxistas.

Os taxistas tem espaço reservado para eles, no início do estacionamento a direita, e depois no final do mesmo lado. Mas não contentes com isso, invadem a nossa área. É o fim da picada! Sendo profissionais, deveriam agir como profissionais e dar bom exemplo, mas não, são os primeiros a descumprirem as leis de trânsito. E infelizmente, não tem ninguém para tirá-los dali.

A AMT deveria ficar de plantão no local e tacar multa nos caras e a segurança do aeroporto também deveria coibir este tipo de atitude e ameaçar a tirar a licença do taxista (que fica no aeroporto) que agisse desta forma, pois esta atrapalhando os demais passageiros que também utilizam este local.

Não bastasse termos pessoas folgadas que estacionam o carro em local que é apenas para desembarque, ainda temos que aguentar taxista folgado.

A foto abaixo (janeiro de 2013) é de um taxista que chegou para desembarcar um passageiro, mas depois que o passageiro foi embora, ele continuou ali parado, na cara de pau, esperando só Deus sabe o quê.


Não existe campanha para dar educação para o povo, apenas a multa, atrás de multa, dor no bolso, para que este tipo de atitude mude.

Depois da minha revolta com os taxistas...rs Quero deixar minha indignação com a administração do aeroporto que não pensa nestas situações, que permite ter uma área de embarque/desembarque tão pequena para a demanda do local, que não atua firmemente para que as pessoas, taxistas ou não, descumpram as regras do local, enfim, uma direção que não se importa em atender bem seu cliente, deixá-lo satisfeito.

INFRAERO, mais um serviço público que não se preocupa em atender bem a população.

Abraços,

Cláu do Val


Nenhum comentário:

Postar um comentário