terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Calçadas a Deus dará: até quando?

C-198 - Jd. América
C-198 - Jd. América
 As calçadas de Goiânia foram invadidas por lixo, entulho, eletrodomésticos velhos, fezes de cachorro, mato.  Além disso, nos deparamos com  motos, carros e até extensões dos comércios, impedindo a livre passagem dos pedestres, tendo que desviar para o meio da rua se sujeitando a acidentes.

As prateleiras "dormem" na calçada
Verdurão da Rua C231, próximo a T9 - Jd. América


A quem recorrer? Não basta apenas culparmos a prefeitura e seus órgãos responsáveis. As pessoas que deveriam agir com cidadania não pensam sequer no próprio bem estar e saúde.


Proliferação de insetos em lixos, entulhos que são esconderijos de animais que propagam doenças como a dengue, leptospirose. Pregos e materiais cortantes que infectam, causam tétano.
Nossas calçadas viraram terra de ninguém. Não adianta gastar tanto com campanhas de  prevenção, tentar educar o cidadão. Deve-se sim multar e divulgar isso, nas redes sociais, televisão, rádio, jornais.

O cidadão porco deve ser punido, pois tudo isso é uma questão de bom senso. É o básico que uma pessoa deve saber. Infelizmente, sempre culpam a questão cultural: a rua, a cidade não é de ninguém. Para que cuidar? Está na hora de mudarmos isso, chega desse senso comum. Se a questão é cultural, então vamos mudar a cultura do goianiense, se não funciona a orientação, mexam no bolso que a mudança ocorrerá.

Um comentário:

  1. Olá,
    Cidadã indignada...Achei engraçado quando vc se referiu ao 'cidadão porco'...mas o assunto é sério mesmo! Estão de brincadeira esses 'porcos cidadãos'...a casa deles deve ser do mesmo jeito. Coitado do porco!O porco vive num ambiente reservado só pra ele e esses 'cidadãos porcos' vivem em sociedade. Devem respeitar e preservar o meio ambiente.
    Dinorá

    ResponderExcluir