domingo, 19 de fevereiro de 2017

PODOLOGIA - INSTITUTO DE PODOLOGIA

Boa tarde pessoal,

Hoje vou falar um pouco sobre a minha saga em podólogos em Goiânia.

Sempre tive unha encravada, na minha adolescência já tive problemas de inflamação por ficar sempre mexendo nelas, já tive que fazer aquela extração chata de tirar metade da unha, enfim, um incômodo só.

Aprendi a conviver com esse problema e a não torná-lo pior, ou seja, o tipo de sapato certo a usar, o melhor corte na unha para não encravar, não deixar qualquer um mexer na minha unha, com isso, eu mesma aprendi a fazer minha unha. E sempre que posso pagar, procuro ir a um podólogo.

O problema do podólogo em Goiânia é achar um que seja bom com bom preço. Há alguns anos atrás aproveitava algumas promoções coletivas (do tipo peixe urbano) para conhecer alguns profissionais. Até que foi bom, mas nenhum me encantou de fato. Acabei conhecendo um profissional excelente em Poços de Caldas - MG, terra do meu pai, onde vou todo ano, e sou atendida por ele. Ele é excelente! De uma delicadeza extrema, Já cheguei lá com minha unha que não podia nem triscar que doía e ele cuidava de tal forma que não sentia nenhum pingo de dor e saía com meu pé perfeito. Não sei se é porque ele tem costume de tratar pés de diabéticos ( meu pai era diabético) e com isso ele tem mais cuidado, mas acabou que ele se tornou meu referencial. E isso tornou-se um problema...rs

No ano passado voltei a procurar por profissionais em nossa capital, mas voltei a ter problemas.

Neste post vou falar sobre os problemas que tive no Instituto de Podologia que foi o segundo lugar em que tentei atendimento.

Em dezembro de 2016, antes do natal procurei este estabelecimento pelo nome e a proposta de atendimento especializado. O atendimento é com hora marcada, mas ao chegar no local, com 15 minutos de antecedência ( como sempre gosto de fazer), fui atendida com 15  minutos de atraso. Isso já me desgostou um pouco, porque sempre prezo pela pontualidade. A moça que me atendeu (não vou citar nomes, mas os tenho registrado) é simpática, mas conversa muito para o meu gosto, não sei se ela é assim sempre ou estava nervosa pelo atraso no atendimento. Mas ela machucou quase todos os meus dedos, ela tirou bife de 2 dedos, coisa que nenhuma manicure nunca tinha feito. Eu cheguei a reclamar de dor. Em determinado momento, se eu não reclamasse de dor ela ia continuar tirando a pele. Enfim, as unhas encravadas do hálux, passado 2 semanas já estavam doendo  novamente, algo que ao é normal quando o serviço é bem feito. Eu reclamei com a atendente quando saí de lá e reclamei depois quando voltou a doer. Voltei lá em janeiro e fui atendida por outra podóloga, que foi bem melhor. Não machucou meu pé e consertou o que a outra tinha feito. Mas confesso que fiquei ressabiada com o atendimento do lugar. Mas, preciso dizer também, que o atendimento da recepcionista a todo momento foi muito bom, ela foi super atenciosa, seja por telefone ou por whatsapp.


O lugar tem estacionamento, ar condicionado e passa cartões de débito e crédito.

Em outros post, vou falar de outros dois lugares que fui antes e depois deste. Aguardem.

Abraços.

Cláudia do Val

Instituto de Podologia
Rua 15, n 1081, setor Marista
Goiânia, Goiás - 74.150-020
Telefone (62) 3637-5553 // 97400-8070


Nenhum comentário:

Postar um comentário